MAHINDRA

‘Mahindra & Mahindra Limited’ (M&M) é um dos majores fabricantes de veículos da Índia com uma participação de mercado superior a 50% nesse país. É a empresa matriz do Grupo Mahindra. A empresa foi fundada em 1945 com o nome de ‘Mahindra & Mohammed’, e iniciou suas operações importando aço de fornecedores do Reino Unido e dos Estados Unidos.

Em 1947, a Mahindra iniciou sua atividade automobilística importando e montando 75 Jeeps CKD completos. Em 1949 saiu da linha de montagem de Mazagaon, Bombay, o primeiro Jeep da Willys Overland fabricado na Índia. Em 1954 foi iniciada a fabricação de veículos com a colaboração da ‘Kaiser Jeep Corporation’ e da ‘American Motors Corporation’ (AMC).

Em 1962, 70% das peças do Jeep eram produzidas localmente, e foi adquirida uma área em Kandivli para centralizar as operações de fabricação. Em 1965, foram introduzidos os caminhões a gasolina FC-150. Em 1967 foram introduzidos dois novos veículos e a produção local de peças já atingia 97%.

Em 1969 começou a exportação de veículos. Um total de 1.200 SUVs junto com peças de reposição foi exportado para a então Yugoslávia. Também foram feitas exportações para o Ceilão, Singapura, Filipinas e Indonésia. Em 1970 as exportações atingiram um total de 3.304 veículos, principalmente para a Yugoslávia e Indonésia.

Em 1974 foi introduzido o CJ4A com uma nova transmissão e foi assinado um acordo de colaboração com a Jeep, na época do grupo AMC. Em 1975 foi apresentado o caminhão FC-260 Diesel. Também foi introduzido o CJ500D com motor MD-2350 Diesel.

Em 1979, o Governo da Índia aprovou a colaboração técnica com a francesa Peugeot para a fabricação do motor diesel XDP-4.90. Em 1981 foi formalmente inaugurada a linha de montagem de caminhões em Nasik, e a Peugeot inaugurou sua fábrica em Ghatkopar. O mini caminhão NC-665 DP saiu da linha de montagem de Nasik. Em 1983 foi introduzido o modelo FJ460 com uma transmissão de 4 velocidades. Uma fábrica de motores foi formalmente inaugurada em Igatpuri por Jean Boillot, CEO da Peugeot, para a fabricação de 25.000 motores à gasolina Peugeot.

Em 1985 foi apresentado em Bombay o novo Mahindra MM-540. Também surgiram o NC-640 DP com transmissão de 4 velocidades e MM-440. Em 1986 é introduzido o CJ-640 DP. Em 1987 é introduzido o MM-540 DP Wagonette.

Em 1988, a Mahindra assinou um acordo com a ‘Hyderabad Allwyn Nissan Limited’ para constituir a ‘Mahindra Nissan Allwyn Ltd’, como empresa associada para a fabricação do LCV em Andhra Pradesh.

Em 1989 foi introduzido o modelo CJ-340 DP. Nesse mesmo ano, Mahindra e Peugeot anunciaram um acordo para a fabricação da Pick-up Peugeot 504.

Em 1991 foi introduzido o modelo CJ-500 DI com motor diesel MDI-2500 de injeção direta. A Mahindra exportou 10.000 kits CKD. Foi lançada uma nova linha de modelos: 650 DI, 750 DP/HT com grande aceitação do mercado.

Em 1993 foi apresentado o Mahindra Armada. A Mahindra foi o único fabricante que resistiu à recessão econômica aumentando suas ventas. Em 1995, a ‘Mahindra Nissan Allwyn Ltd’ (MNAL) se fundiu com a M&M que assumiu a fábrica de Zaheerabad. A série FJ do LCV deixou de ser produzido em Nasik e passou a Zaheerabad. A planta de Igatpuri recebeu a certificação ISO 9002 da TÜV da Alemanha. Foi iniciado um projeto para a fabricação de Taxis.

Em 1996 foi lançado o novo modelo LCV Cabking DI-3150 conjuntamente com outros clássicos da Mahindra. Foi apresentado o New Commander 5 portas Hardtop.

Em 1997 foi iniciada a produção comercial do Ford Escort na Planta de Nasik. Um acordo de licença e colaboração técnica foi assinado com a ‘Mitsubishi Motors Corporation’ para a fabricação das carrocerias SL em Zaheerabad (Voyager com XD-3 e BA-10). Foram apresentadas versões melhoradas dos modelos CL/MM-550, Armada de 8 lugares, Commander 650-DI e MM-540/550 XDB. As plantas de Kandivli e Nasik receberam a certificação ISO 9002.

Carros Relacionados