21/03/2019 - CHEGA AO MERCADO O NOVO HYUNDAI TUCSON N LINE ESTREANDO UMA VERSÃO SEMI-HÍBRIDA

Pouco depois do vazamento das primeiras imagens dessa nova versão esportiva, a marca revelou de maneira online as primeiras imagens oficiais e os dados do novo Hyundai Tucson N Line, uma nova versão de aspecto esportivo para a linha do crossover coreano.

Dessa maneira e depois do Hyundai i30 N Line, o Hyundai Tucson se torna o segundo modelo da marca a contar com uma versão N Line, que embora não tenham o poderio mecânico das verdadeiras versões N da Hyundai, pelo menos dispõem de uma imagem similar a estas. De modo que podemos considerar o novo Tucson N Line como uma versão de aspecto esportivo.

A nível estético as mudanças são muito evidentes. Exteriormente desparece a grande maioria dos cromados e em seu lugar surgem acabamentos em plástico, como é o caso da grade dianteira, os protetores dos arcos de roda e os para-choques, ou as carcaças dos espelhos retrovisores. Essa mesma cor é encontrada nas novas rodas de 19 polegadas de marcado aspecto esportivo.

No interior aparece o mesmo esquema, já que desaparece a maioria dos elementos com acabamento metálico e em seu lugar tudo surge em tom preto, com inúmeros detalhes alusivos à versão. Como por exemplo, os diversos emblemas que podem ser encontrados no habitáculo. Os revestimentos são uma mescla de couro sintético e microfibra tipo Alcantara, com costuras vermelhas contrastando, que também estão presentes no volante e na alavanca de câmbios.

A nível mecânico também surgem novidades, já que o novo Hyundai Tucson N Line estará disponível com um motor a gasolina e dois diesel, mas estes últimos estreiam um novo sistema elétrico de 48 volts. A opção a gasolina é o bloco de 1.6 litros TGDI que entrega 177 cv, enquanto que os alimentados por diesel são os mesmos blocos de 1.6 e 2.0 litros que podem ser encontrados na linha regular do Tucson, mas agora estreiam o mencionado sistema semi-híbrido, que segundo a marca, é capaz de reduzir o consumo médio do modelo em 11% de acordo com o ciclo de homologação WLTP. A potência desses motores não muda com a adição do sistema de 48V e continua sendo de 136 e 185 cv, respectivamente.

Por enquanto não há informação sobre seus possíveis preços e sua data de lançamento. De modo que devemos continuar aguardando que a marca coreana revele os dados específicos.

Confira as Fotos