10/06/2019 - FIAT PANDA ADOTARÁ A TECNOLOGIA ‘MILD HYBRID’ DE 48 VOLTS

O novo Fiat Panda não tardará muito a chegar, embora a nova geração não chegue ao mercado antes de 2021. Provavelmente tomará como ponto de partida o atrativo Centoventi Concept que a Fiat apresentou no último Salão de Genebra.

Uma das novidades da nova geração do Fiat Panda será a eletrificação, já que em sua nova entrega, o Panda apostará em um sistema de propulsão puramente elétrico, que promete uma autonomia entre 100 e 500 quilômetros, de acordo com a bateria escolhida.

Mas para o atual Fiat Panda apresentado em 2011 ainda restam um par de anos de vida e a marca italiana decidiu atualizar certos aspectos mecânicos, com o propósito de melhorar seu atrativo.

Há alguns meses o Fiat Panda dizia adeus aos motores diesel e nos próximos meses será o veterano motor Fire 1.2 de 69 cv que se despedirá definitivamente, para dar lugar ao novo motor Firefly GSE 1.0 que desenvolve 70 cv de potência.

No entanto, o mais interessante é que o novo motor Firefly será oferecido também em versão micro-híbrida (Mild Hybrid), um sistema MHEV de 48 volts que permitirá reduzir o consumo de combustível e das emissões.

Trata-se de um sistema similar ao que será utilizado pelo atual Fiat 500, que tal como havia anunciado oportunamente Sergio Marchionne, nos próximos meses estará disponível em toda a linha da Fiat.

Estes ajustes na linha Panda garantirão a continuidade deste modelo que o fabricante italiano lançou há oito anos, uma nova alternativa mecânica para um dos principais pilares da atual linha de Fiat, que seguramente conseguirá captar a atenção dos clientes.