13/12/2018 - ROLLS-ROYCE SILVER SPIRIT I EMPEROR STATE LANDAULET BY HOOPER: UM ESCRITÓRIO MÓVEL DE 1 MILHÃO DE DÓLARES

Até a chegada do Bugatti Veyron, há pouco mais de uma década, não havia no mercado nenhum modelo que tivesse um preço público de um milhão de dólares. Embora isso não signifique que não houvesse, pois sempre existiram os pedidos especiais e, sobretudo, encarroçadores de todo tipo dispostos a satisfazer até os caprichos mais extravagantes. De modo que existiam sim veículos de um milhão de dólares, e até mais caros, mas na maioria das vezes seus preços não eram divulgados.

Esse estranho veículo modificado é precisamente um deles, e com alguns bons anos em suas costas, pois esse Rolls-Royce Silver Spirit reencarroçado pela Hooper custou um milhão de dólares em 1989, o que significa pouco mais de 2 milhões atuais. Portanto, podemos supor que foi um dos modelos novos mais caros vendidos naquela década.

Essa impressionante limusine foi realizada pelos artesãos do especialista britânico Hooper, um dos mais reputados encarroçadores especializados na marca de luxo britânica há muitos anos. O nome completo dessa peça é Rolls-Royce Silver Spirit I Emperor State Landaulet, embora também receba o sobrenome de ‘O carro dos sonhos’ e está baseada em uma unidade alongada do Silver Spirit.

Curiosamente essa enorme limusine não foi um pedido especial realizado por um sheik árabe ou por um caprichoso multimilionário ocidental, mas foi a solicitação de uma empresa britânica para ser utilizada em eventos com fins beneficentes, e embora contasse com um preço já altíssimo naquela época, a fatura nunca chegou a ser paga, de modo que a Hooper teve que retomar o veículo, mantendo o Rolls-Royce sob sua propriedade até o ano de 2010, momento em que foi vendido à conhecida Calumet Collection, na Suíça.

Em linhas gerais, o modelo é um Rolls-Royce Silver Spirit standard, que primeiramente teve que ser estendido até seu comprimento atual e em seguida recebeu o corte traseiro para convertê-lo em sua configuração Landaulet, com uma pequena capota de lona sobre os lugares traseiros. A nível mecânico não existem diferenças em relação ao modelo de série, de modo que conta com o motor V8 de 6.75 litros habitual, no entanto, no interior do carro podemos encontrar todo tipo de detalhes e acabamentos de luxo, incluindo o habitual minibar, além de um computador, telefone, fax, além de um reprodutor de CD. Na verdade, era mais parecido a um escritório móvel.

Esse exemplar será leiloado no próximo mês de janeiro pela casa RM Sotheby's em seu evento de Scottsdale, Arizona, e por enquanto não foi anunciado o valor estimado dessa peça única, que em linhas gerais se encontra como nova.

Confira as Fotos