1969 - ABARTH 2000 SCORPIONE PININFARINA

O Abarth 2000 Scorpione Pininfarina foi apresentado pela primeira vez no Brussels Motor Show, na Bélgica, em janeiro de 1969. O esportivo em forma de cunha indicava que os modelos esportivos dos anos 50 e 60 baseados em linhas curvas seriam substituídos por carros de linhas mais simples e retas

O projeto do “Scorpione”, que fazia referência ao emblema da Abarth que tem um escorpião como marca, foi projetado por Filippo Sapino, que na época estava na Pininfarina. O carro conta com entradas de ar nas bordas da parte dianteira e um grande para-brisa que lembram o corpo de um escorpião que é completado pela saída do escape na parte traseira.

O Scorpione não possui faróis tradicionais, sendo equipado por uma unidade central na parte dianteira, composta por seis luzes separadas que podem ser giradas quando necessário. Também não possui portas tradicionais, sendo necessário levantar o para-brisa para ter acesso ao interior do carro, que possui um painel simples com os itens necessários e tendo como destaque um grande conta-giros.

O motor era um 4 cilindros e 2.0 litros com 16 válvulas e era montado atrás do eixo traseiro debitando 220 cv. Era conhecido na fábrica como projeto SE010.