2020 - BYD e3

O fabricante de origem chinesa continua enriquecendo sua linha de veículos elétricos e por estes dias aterrissa na China o novo BYD e3, um sedan de 4.450 mm de comprimento que toma como ponto de partida o e2 de cinco portas.

Trata-se de um carro elétrico acessível, um modelo que se posiciona como acesso à linha e que conta com um motor elétrico síncrono de imã permanente que desenvolve 95 cv de potência e um torque máximo de 180 Nm.

As versões mais simples levam uma bateria de 35.2 kWh de capacidade, enquanto que os mais equipados levam uma bateria de 47.3 kWh. De acordo com os dados fornecidos pelo fabricante, a autonomia para a versão mais básica é de 305 quilômetros com uma carga completa, que se estende até os 405 quilômetros para a bateria de maior capacidade, em ambos os casos de acordo com o ciclo de homologação NEDC.

Ambos os pacotes de baterias dispõem de carga rápida, graças à qual são capazes de recuperar de 30% a 80% de sua capacidade em tão somente 30 minutos.

Exteriormente o novo BYD e3 conta com um design simples e um formato que de certo modo lembra certos modelos da Audi. Na parte frontal se destaca a grande grade e os faróis de desenho delgado, que integram as luzes diurnas em LED.

Em relação ao interior do BYD e3, surge um habitáculo que se destaca pela grande tela de 10 polegadas de disposição vertical situada no console central, além de uma segunda tela atrás do volante, que cumpre com as funções da instrumentação digital configurável.

O equipamento mais relevante inclui ainda climatizador automático, freio de mão elétrico, estofamento em couro, rodas de liga leve, faróis LED, etc.

Os preços do novo BYD e3 na China iniciam a partir do equivalente a 60.500 reais ao câmbio atual, aplicando as ajudas do governo.