2017 - CATERHAM SEVEN SUPERSPRINT

A Caterham chegou ao Goodwood Revival, no Reino Unido, com uma novidade muito interessante e de caráter retro. O novo Caterham Seven SuperSprint foi apresentado como uma piscada ao passado. Há 60 anos, Colin Chapman introduziu o Lotus Seven, um modelo emblemático que perdura até nossos dias. Agora, a marca britânica pretende reviver certa nostalgia com essa peculiar edição limitada que toma como referência o modelo original.

Ao cumprir 60 anos de seu lançamento, o novo Caterham Seven SuperSprint será limitado a somente 60 unidades como se fosse uma ode ao passado. Estará disponível em seis tonalidades, cada uma delas fazendo referência a um traçado histórico: Aintree (Dark Green e Orange), Dijon (Navy Blue e White), Hockenheim (Silver e Red), Imola (Red e White), Watkins Glen (White e Gulf Racing Stripes) e Zandvoort (Light Green e Black Roundels).

Além das cores disponíveis, alguns detalhes exteriores como os espelhos retrovisores de desenho clássico mostram um acabamento prata. As lanternas traseiras foram revisadas e adotam um aspecto retro. Também surge um sistema de escape polido e as rodas de aço de 14 polegadas surgem com um acabamento na cor creme calçadas com pneus Avon ZT5.

Em relação ao interior, o habitáculo exala um ambiente clássico. Os estofamentos e acolchoados foram ajustados cuidadosamente. Os bancos são cobertos de couro, assim como o freio de mão e a alavanca de câmbios. O quadro de instrumentos também apresenta um acabamento específico e alguns controles foram redesenhados para situar-se em consonância com o resto das mudanças. Tampouco podemos deixar passar sem mencionar o desenho do volante de madeira e a manete do câmbio, além da pertinente placa de identificação com o número da unidade.

Em termos mecânicos, essa interessante edição limitada do Caterham Seven, utiliza um motor de 660 cc turbo alimentado com três cilindros de origem Suzuki que desenvolve uma potência de 95 cv e está associado a uma transmissão manual de cinco velocidades. Graças a essa mecânica, é capaz de acelerar de 0 a 96 km/h em 6,9 segundos e alcançar uma velocidade máxima de 160 km/h. Um desempenho interessante tendo em conta as características do veículo.

Outras características de destaque são o diferencial de deslizamento limitado, os freios a disco dianteiros com pinças de duplo pistão, a suspensão ajustável e os amortecedores Bilstein. 

Em relação ao seu preço, o novo Seven SuperSprint está disponível no Reino Unido com um preço de partida de 29.995 libras (123.000 reais). A marca já aceita pedidos do modelo que, certamente se esgotará rápido. As primeiras entregas serão realizadas ainda este ano.