2020 - CHRYSLER VOYAGER

O Chrysler Voyager regressa ao mercado, mas com certas nuances. A verdade é que de forma totalmente surpreendente o pessoal da Fiat Chrysler Automobiles (FCA) decidiu recuperar a conhecida denominação para voltar a utilizá-la em um monovolume. No entanto, não se trata de um modelo novo, mas um Chrysler Pacifica que foi renomeado para adotar a mencionada denominação.

A última vez que o Chrysler Voyager entrou em cena foi em 2003 nos Estados Unidos, ano que recebeu sua última atualização. Originalmente era vendido pela desaparecida marca Plymouth para posteriormente integrar-se na linha da Chrysler. Agora, regressa ao mercado embora realmente estejamos diante de um Pacifica que mostra um nome diferente.

Embora a FCA não tenha dado detalhes a respeito, percebe-se a estratégia que a empresa está seguindo para retomar esta denominação. Oferecer um monovolume mais acessível abaixo do Chrysler Pacifica em vez de optar pela clássica estruturação da linha mediante níveis de acabamento. As terminações L e LX, as mais acessíveis da linha Pacifica, passam a integrar-se na oferta do Voyager.

Embora estejamos realmente diante das versões menos equipadas do Pacifica, a verdade é que o equipamento do novo Chrysler Voyager será igualmente notável. Todos os modelos trarão de série três filas de bancos (2+3+2), quadro de instrumentos com tela de 3.5 polegadas, sistema multimídia Uconnect de 7.0 polegadas, eliminação ativa de ruído, Android Auto e Apple CarPlay.

No caso deste equipamento não atender as expectativas do cliente, sempre será possível recorrer à lista de opcionais para serem adicionados, entre outros elementos, monitoramento de ponto cego, detecção de tráfego cruzado traseiro, assistente de estacionamento, sistema de entretenimento para os lugares traseiros, além do porta-equipamentos de teto Stow-n-Place. Também há um acabamento denominado LXi que é específico para frotas de empresas.

No que diz respeito à parte mecânica, debaixo do capô do Chrysler Voyager haverá um motor a gasolina 3.6 V6 Pentastar de 291 cv, acoplado a uma transmissão automática de nove velocidades.

CHRYSLER VOYAGER