2018 - KOENIGSEGG REGERA NAKED CARBON

A Koenigsegg acaba de entregar a um cliente muito especial, na Suíça, um dos exemplares mais radicais e exclusivos do Regera. Trata-se de um exemplar único com um acabamento em fibra de carbono exposta e sem qualquer tipo de verniz ou proteção.

Denominado Koenigsegg Regera ‘Naked Carbon’, esse hiperesportivo exigiu um processo de fabricação bastante complexo, já que na hora de moldar os painéis da carroceria foi necessário garantir um efeito de continuidade de painel para painel.

Não é preciso dizer que esse tipo de acabamento deixou o Regera com um preço ainda mais exorbitante, ainda que a marca sueca não o tivesse revelado. Porém, e se levarmos em conta que o Regera ‘convencional’ tem um preço em torno dos dois milhões de euros, é fácil antecipar que esse exemplar custou por volta dos 2.5 milhões.

Nesse tipo de acabamento, que já conhecemos de marcas como a Bugatti ou a Pagani, é habitual o uso de verniz ou de outro tipo de proteção, para que a fibra de carbono mantenha o brilho e a sensação de profundidade. Mas isso não foi aplicado a esse exemplar do Koenigsegg Regera, que foi polido até o mínimo detalhe.

Além disso, além do visual arrojado e exclusivo, esse acabamento em fibra de carbono exposta deixou o Regera com 20 quilos a menos que um Regera com pintura.

Limitado a apenas 80 exemplares, esse hiperesportivo híbrido conta com três motores elétricos que acrescentam 670 cv de potência a um gigantesco motor V8 biturbo de mais de 1.000 cv, para uma potência total de 1.500 cv e um torque máximo de 2000 Nm.

Quanto à sua aceleração, nem vale a pena falar no habitual registro de 0 a 100 km/h, passando para faixas mais elevadas: 0 a 300 km/h em 10.9 segundos, 0 a 385 km/h em 20 segundos e 402 km/h de velocidade máxima.

KOENIGSEGG REGERA NAKED CARBON