2019 - MG HECTOR

Depois de inúmeras fotos de protótipos e adiantamentos oficiais, finalmente foi apresentado o novo SUV da MG. A icônica marca britânica, que atualmente é propriedade do gigante chinês SAIC, propôs como objetivo sua expansão internacional. Uma globalização que passa irremediavelmente por mercados emergentes importantes como é o caso da Índia. O novo MG Hector é o primeiro de uma ofensiva de modelos específicos para esse mercado.

O novo MG Hector desembarcará nos concessionários indianos com o objetivo de rivalizar, entre outros modelos, com o Tata Harrier e o Jeep Compass. Não será nada fácil, mas a Morris Garage é consciente disso. Seus atrativos passam por um completo e interessante equipamento tecnológico, uma variada oferta mecânica onde inclui uma versão semi-híbrida (MHEV) de 48 volts, além de um design moderno e ao mesmo tempo muito pessoal.

Esteticamente não há surpresas, já que nos últimos meses as distintas antecipações, e inclusive fotos flagrantes, revelaram por completo o desenho exterior e interior deste novo todo-terreno. É importante lembrar que o MG Hector não é um modelo de novo desenvolvimento, pois é baseado em um produto chinês, o Baojun 530. Embora, diferentemente do SUV da Baojun, o Hector só estará disponível (por enquanto) em versão de cinco lugares (2+3).

Apresenta um design que transmite uma personalidade própria. Traços como a grade, grupos ópticos divididos e com tecnologia LED, assim como inúmeros detalhes cromados e o desenho das lanternas traseiras são fundamentais para conseguir um ar moderno, elegante e inclusive dinâmico. A verdade é que o resultado é muito interessante, já que a MG cuidou até o mínimo detalhe com este novo modelo.

Em relação ao interior do MG Hector, surge um habitáculo realmente espaçoso. É preciso ter em conta que o modelo original foi concebido para poder acomodar até sete lugares, de modo que a versão de cinco lugares oferece um grande espaço para todos os ocupantes. Os acabamentos e ajustes transmitem uma qualidade mais que aceitável e, sobretudo, se destaca por sua dotação tecnológica em termos de conectividade, conforto e segurança.

As versões mais equipadas contarão entre outros elementos com uma tela táctil HD de 10.4 polegadas, equipamento de som Premium, Android Auto, abertura elétrica da tampa traseira, duas conexões USB, controle de cruzeiro, acendimento automático de luzes, sensor de chuva, quadro de instrumentos com tela a cores de 7.0 polegadas, bancos térmicos, faróis antineblina e luzes LED para a condução diurna.

Quanto à parte mecânica, a linha de motores do novo MG Hector será composta por um total de três motorizações, uma delas eletrificada. Na linha gasolina surge um motor 1.5 turbo e na linha diesel um motor 2.0 turbo. Ambos acoplados de série a uma transmissão manual de seis velocidades, sendo que o motor a gasolina também é oferecido com uma transmissão automática. Os condutores indianos amantes da mobilidade sustentável têm à sua disposição uma versão semi-híbrida (MHEV) de 48 volts sobre o mencionado motor a gasolina, denominada Hybrid.