2021 - MG HECTOR

Recentemente compartilhamos um importante projeto que a Morris Garages estava executando na Índia. O modelo mais vendido que faz parte de sua linha neste relevante mercado emergente seria atualizado. A espera acabou e o novo MG Hector 2021 foi revelado de maneira oficial. Este bem-sucedido crossover entra em cena carregado de inúmeras melhorias.

O MG Hector se tornou em muito pouco tempo um sucesso nos concessionários indianos. Foi o primeiro modelo comercializado pela MG na Índia e foi com base nessa popularidade que a icônica marca britânica pôde realizar uma ofensiva de produto muito ambiciosa. Durante o ano de 2020 as vendas do MG Hector na Índia alcançaram as 25.935 unidades. Considerando a presença da MG no território indiano e o segmento em que atua esse modelo, trata-se de um resultado fantástico.

A primeira geração do Hector sofreu o que poderíamos qualificar como facelift. Uma atualização de meio ciclo de vida que lhe permitirá enfrentar o resto de vida comercial que tem pela frente. No entanto, a nível estético, no exterior, as mudanças apresentadas pelo novo Hector não são equiparáveis aos facelifts que estamos acostumados a ver no Ocidente. De qualquer forma, as modificações introduzidas são muito interessantes.

Com relação às mudanças sofridas pelo Hector na parte exterior, dando uma olhada nas imagens, percebemos que a grande novidade nesse aspecto é, sem dúvidas, a nova grade que exibe um característico padrão. As lanternas traseiras também mudaram e agora conta com rodas de liga leve de 18 polegadas. Além disso, foi acrescentada uma nova cor para a carroceria. Trata-se do azul Starry Blue.

Com relação ao interior do novo Hector, somos envolvidos por um novo ambiente. O tom preto, grande protagonista no habitáculo do modelo anterior, dá lugar a novas opções de acabamento. Destaca-se o novo estofamento de cor champanhe, assim como a possibilidade de se optar por um acabamento em duas tonalidades.

Em termos de equipamento também há novidades, e muito importantes. O novo Hector recebe bancos dianteiros ventilados e aquecidos. Também estreia um carregador sem fios para telefones móveis compatíveis e um espelho retrovisor interno com função antiofuscamento automático. Outra atualização de destaque é o assistente de voz, que agora pode reconhecer uma maior quantidade de comandos. As versões mais equipadas mantêm a chamativa tela táctil de 10.4 polegadas, o climatizador automático, a câmera de visão 360º e o teto panorâmico corrediço, entre outras coisas.

No que diz respeito à parte mecânica, não há novidades. O novo Hector continua estando disponível com a mesma oferta mecânica que a do modelo anterior. Pode-se optar entre um motor a gasolina de 1.5 litros turbo de 143 cv e 250 Nm de torque máximo disponível com ou sem tecnologia híbrida suave (MHEV) de 48 volts. Esse bloco pode ser acoplado a uma transmissão manual de 6 velocidades ou uma automática DCT com o mesmo número de relações. Para a versão eletrificada só é oferecida a transmissão manual.

A única opção diesel disponível na linha Hector 2021 é um motor de 2.0 litros turbo com 170 cv e 350 Nm de torque máximo. Surge associado de maneira exclusiva a uma transmissão manual de 6 velocidades.

A MG já está aceitando pedidos do novo Hector. Este SUV seguirá competindo com modelos relevantes, como o Tata Harrier e o Mahindra XUV500. A nova linha é composta pelos níveis de acabamento Style, Super, Smart e Sharp. O preço de saída, segundo o câmbio atual, se situa aproximadamente em 96.000 reais.