2020 - MITSUBISHI 4000GT CONCEPT

A década de 90 do século passado foi a época dourada para a indústria automobilística japonesa. Durante esses anos, todas as marcas introduziram no mercado diferentes modelos esportivos que, com o tempo, ganharam o status de lenda. Pouco a pouco, esses veículos foram desaparecendo sem substituição aparente, de modo que verificar como seriam atualmente é um exercício de imaginação. Por sorte, um designer digital facilitou o trabalho e mostra como seria o hipotético Mitsubishi 4000GT, o sucessor do icônico 3000GT.

Antes de entrar em detalhes, o Mitsubishi 3000GT foi um sofisticado esportivo de quatro lugares, motor dianteiro e tração total que a marca japonesa comercializou entre 1990 e 2000. Este modelo, denominado GTO no mercado local japonês, equipava um poderoso motor V6 de 3.0 litros em diferentes versões, incluindo opções de aspiração natural e potentes Twin Turbo com até 300 cv. Depois de comercializar diferentes versões em vários rincões do planeta, incluindo um mercado estrela como é o norte-americano, sua produção finalizou com o novo milênio, e desde então a Mitsubishi não lançou novamente o modelo ou um hipotético sucessor.

Apesar de por enquanto a Mitsubishi não ter se pronunciado com relação a um possível sucessor para o 3000GT, a verdade é que estamos muito satisfeitos com estas recreações digitais que o designer independente Matthew Parsons divulgou recentemente em seu perfil do Behance. Uma das principais diferenças em relação ao esportivo japonês dos anos 90 são suas formas afiladas e superfícies agressivas, com marcados arcos de roda e saliências dianteira e traseira muito mais curtas que as do modelo original.

Enquanto Parsons ajusta as proporções do carro aos padrões atuais, o Mitsubishi 4000GT apresenta alguns traços de estilo na dianteira e na traseira que lembram o 3000GT. A frente apresenta faróis pop-up e o que parece ser uma luz de circulação diurna que recorre toda a largura do veículo. Na traseira, por outro lado, surge um aerofólio de grande tamanho com a terceira luz de freio em posição vertical, um quadro óptico traseiro que recorre também toda a largura e um descomunal difusor funcional com duas saídas de escape integradas.

Inclusive o teto e os diferentes pilares que o constituem foram conservados no tom preto em referência ao 3000GT. No entanto, o 4000GT digital apresenta portas com formas angulares, maçanetas integradas, enormes rodas de desenho arrojado, saias e para-lamas dianteiros ampliados de maneira considerável. Os retrovisores são bastante prototípicos e do interior não conhecemos nenhum detalhe. Não é uma maneira ruim de imaginar como seria o Mitsubishi 3000GT se fosse lançado no mercado em 2020.

MITSUBISHI 4000GT CONCEPT