2020 - RENAULT CAPTUR E-TECH

A versão híbrida plug-in do Renault Captur é uma das novidades com as quais a marca francesa chegará ao Salão de Bruxelas 2020 e foi revelada antes de sua apresentação prevista para o evento automobilístico belga que será celebrado a partir do próximo dia 14 de fevereiro.

Trata-se do primeiro veículo híbrido plug-in da marca francesa, que junto ao também novo Clio E-Tech, uma versão híbrida plug-in do polivalente modelo francês, faz parte da ofensiva da Renault em termos de mobilidade sustentável.

Exteriormente, o novo Renault Captur E-Tech chega sem diferenças em relação ao resto da linha e somente será distinguido pela inscrição ‘E-Tech Plug-in Hybrid’ situada sobre a tampa traseira e sobre o pilar B, além de uma segunda tampa sobre a parte lateral direita para a carga da bateria.

O novo Renault Captur E-Tech combina o motor a gasolina de 1.6 litros e 90 cv mais dois motores elétricos de 49 e 23 kW (65 e 30 cv), cada um com um funcionamento específico. A potência máxima do conjunto chega a 160 cv. Equipa uma bateria com capacidade de 9.8 kWh entre as rodas traseiras para cobrir até 50 quilômetros com uma velocidade máxima de 135 km/h em uso misto e 65 quilômetros no âmbito urbano.

Além disso, registra um consumo médio de 66.7 km/l e emissões de CO2 de 32 g/km, sempre de acordo ao ciclo de homologação WLTP.