2020 - ROLLS-ROYCE WRAITH SILVER SPECTRE BY CARAT DUCHATELET

Há poucos dias surgiram algumas fotografias um tanto misteriosas onde o protagonista era um Rolls-Royce camuflado com uma carroceria muito chamativa. Naquele momento muitos especularam com a possibilidade de um novo modelo, mas agora sabemos sua identidade e não tem nada que ver com o fabricante britânico. Isso porque o exemplar que nos referimos é obra de um pequeno encarroçador belga chamado Carat Duchatelet, que criou o Silver Spectre Shooting Brake, baseado em um Rolls-Royce Wraith.

O grande arquiteto desta criação chama-se Niels van Roij Design, um entusiasta do design de automóveis que passou muitas horas transformando as linhas do luxuoso coupe britânico. Para converter o Wraith em um Shooting Brake, o encarroçador modificou o teto e o estirou até a tampa traseira. Também há uma janela traseira bastante inclinada que se adapta surpreendentemente bem ao caráter do Rolls-Royce, enquanto que na lateral aparecem vidros alongados que se estendem até os novos pilares C.

Fora isso, parece que o automóvel não recebeu modificações adicionais em uma carroceria pintada com um tom vermelho escuro e com vários detalhes cromados, incluindo as molduras dos vidros e a grade dianteira. O encarroçador belga ainda não divulgou fotos do interior do Shooting Brake, mas podemos ver que o porta-malas está revestido com uma mescla de couro preto, branco e vermelho, combinação que parece continuar no resto do habitáculo.

Também não conhecemos os detalhes de sua mecânica, porém o mais lógico é imaginar que utiliza o motor que alimenta o Rolls-Royce Wraith, ou seja, um propulsor V12 turbo alimentado de 6.6 litros que desenvolve 632 cv de potência e um torque máximo de 800 Nm. A encarregada de administrar toda essa energia é uma transmissão automática de 8 velocidades que a envia diretamente ao eixo traseiro. Graças a estas cifras o coupe britânico é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 4.6 segundos e sua velocidade máxima é de 250 km/h.

E a última incógnita é o seu preço, que ainda continua sendo um segredo, mas o número total de unidades que serão fabricadas já foi informado pelo encarroçador belga, que anunciou que pretende fabricar somente 7 exemplares.