AMERICAN UNDERSLUNG

A American Motor Car Company foi fundada em 1906 na cidade de Indianápolis, Indiana, nos EUA. Produziu seu primeiro automóvel em 1906 (com o nome de "American") e o primeiro carro do tipo “Underslung” em 1907, ainda que este último nome não havia sido oficializado como parte da marca até 1912.

O American Underslung foi desenvolvido como a intenção de se fabricar um carro para ser o mais econômico possível. Os primeiros chassis foram desenhados pelo engenheiro Harry C. Stutz e posteriores modificações foram realizadas pelo engenheiro-chefe Fred I. Tone.

Os American Underslung dispunham de elementos de segurança que outras muitas marcas da época não podiam oferecer. A documentação da época afirmava que os carros podiam ser inclinados até 55 graus sem virar.  Dispunham de motores de 4 cilindros e 6.4 litros que produziam 40 cv e em 1908 foram aumentados até os 7.8 litros e 50 cv. E dois anos mais tarde alcançaram os 60 cv. Em 1912 os motores já contavam com 6 cilindros.

Os preços dos American Underslung oscilavam entre os 1.250 e os 4.000 dólares.

Em 1911 a empresa passou por dificuldades financeiras e seu nome foi modificado pelo da “American Motors Company.” Dois anos mais tarde começaram a aparecer problemas pela dura concorrência de outros fabricantes mais eficazes, que produziam veículos em maior quantidade, rapidez e com preços mais baixos.

Em 1913, apesar de oferecer partida elétrica e luzes exteriores em seus carros, a empresa continuava em dificuldades e em 1914 encerrou a fabricação do American Underslung, que apesar de sua breve existência, foram produzidas 45.000 unidades.

Os American Underslung eram carros de desenhos criativos, uma rede de vendas eficaz e carros brilhantes. Como muitos outros fabricantes dessa época, sofreram as consequências de processos de fabricação ineficazes, uma economia em constante evolução, o inicio da 1ª Guerra Mundial e um mercado em constante desenvolvimento.

Carros Relacionados