ANTEROS

Anteros foi o nome escolhido em 2002 pelo casal John e Joann Rothman, que junto com seu filho David, decidiram criar um automóvel esportivo com esse nome, que combinava da melhor maneira possível três dos elementos mais importantes em um veículo moderno: beleza, potência e elegância.

Começaram a implementar sua ideia coletando informações sobre as tendências de design dos anos 60, a era clássica dos automóveis, com a intenção de incorporá-las na tecnologia atual.

Em maio de 2005, a equipe da Anteros se dispôs a realizar esta transição e tornar realidade o sonho de seus criadores. Inclusive o nome da marca mostra uma clara imagem do que ela representa na mitologia grega, onde é associada diretamente às belas artes. Anteros, filho de Ares e Afrodite, é um deus que representa o amor não correspondido, além de ser considerado o defensor ou vingador daqueles a quem o amor havia traído. Este conceito revela a conexão dos Rothman com o clássico.

O mundo viu a Anteros surgir como fábrica de automóveis esportivos no show anual organizado pela “Specialty Equipment Market Association” (SEMA) em 2005, que se realizou em Las Vegas, Nevada, provocando uma reação muito positiva do público presente.

O Anteros é equipado com um motor V8 de 6.0 litros que produz 400 cv. A tração é traseira e a transmissão é manual de 6 velocidades.

O reconhecimento do mercado deu-se no início de 2006, na exibição realizada pela casa de leilões para colecionadores de carros clássicos e luxuosos, Barrett Jackson, conhecida nos EUA como “a maior exposição de automóveis clássicos do mundo”.

Curiosamente, apesar de a Anteros ser uma empresa que iniciou suas operações nos primeiros anos do novo século, seu principal mercado é constituído pelos fãs dos veículos motorizados de antigamente e nas operações de compra e venda de peças de coleção. Nesses ambientes, os poderosos esportivos da família Anteros causam uma tremenda sensação.

Carros Relacionados