BANDINI

Ilario Bandini nasceu em 1911. Era filho de um agricultor que vivia em Forli, uma localidade situada no noroeste da Itália. Apesar de ser lembrado principalmente como construtor de carros, Bandini também foi brilhante em engenharia e mecânica. Seus conhecimentos e habilidades o levaram a criar diversas invenções e a registrar as patentes correspondentes.

Em 1938, com 27 anos de idade, depois de ter estudado e ter tido a experiência como mecânico, Bandini criou sua própria empresa. Nessa época o mundo sofria as consequências do início 2ª Guerra Mundial. Muitos dos fabricantes que existiram antes da Guerra haviam cessado suas atividades, suas fábricas haviam sido destruídas ou reconvertidas para a fabricação de equipamentos de guerra para cobrir as necessidades militares de seu país.

Bandini começou fabricando pequenos carros, principalmente para corridas e para uso esportivo. O primeiro modelo Bandini era equipado com um motor Fiat 1100 modificado, a carroceria era de alumínio e o chassi de aço tubular.

Alguns carros eram para motoristas de fim de semana e outros eram construídos especialmente para competir nos circuitos.

Bandini fabricou principalmente spiders e coupes. Utilizava motores Fiat e American Crossley que modificava para aumentar sua potência e desempenho. Passava os motores de 760 cc a 1.300 cc, e fabricava seus carros em pequenas e limitadas séries.

No início, Bandini, colocava os motores na parte dianteira de seus carros. Mais tarde, se popularizou a ideia dos motores centrais e Bandini compreendeu as vantagens desse tipo de colocação do motor, transformando-se em um dos primeiros fabricantes italianos a produzir veículos desta forma. Naquela época, a maior parte dos veículos esportivos europeus era fabricada a mão.

Os modelos Bandini despertaram interesse nos EUA, quando seus modelos Siluro com motores Crosley DOHC de 750 cc levemente modificados, ganharam os campeonatos da classe SCCA em 1955 e 1957. Na Itália também participou da lendária Mille Miglia.

Em 1957, apresentou o modelo Sport Internazionale, popularmente conhecido como “Saponetta”. Tratava-se de um carro esportivo de dois lugares com chassi tubular de aço e capaz de utilizar motores de até 1.000 cc.

Durante o período de maior apogeu da Bandini, a empresa empregou até quinze mecânicos, que eram capazes de fabricar um carro por mês.

Entre 1947 e 1992, ano em que faleceu na idade de 81 anos, Bandini fabricou aproximadamente 75 carros com sua marca.

Carros Relacionados