BERKELEY

Os Berkeleys foram produzidos na Berkeley Coachworks, no Reino Unido entre outubro de 1956 e dezembro de 1960. Originalmente desenhado por Laurie Bond, era um automóvel esportivo para duas pessoas com um motor de 322 cc. de dois tempos. O mau desempenho do motor e os problemas consequentes levaram a mudá-lo por um de 328 cc. procedente da Excelsior Talisman, uma motocicleta da época.

Possuía um monocasco de fibra de vidro reforçado com alumínio, suspensão independente nas três rodas, baixo centro de gravidade e excelentes freios.

Um modelo posterior foi equipado com um motor de 492 cc. de dois tempos e três cilindros que desenvolvia 30 cv, potência suficiente para propulsar este micro-carro de somente 317 kg.

Em 1958 e para incrementar as vendas se decidiu a criação de um modelo de quatro rodas: "Foursome", mas somente 22 unidades foram fabricadas. Tinha um motor de 40 cv e alcançava uma surpreendente velocidade máxima de 160 km/h.

A fama chegou aos Berkeleys depois de suas sucessivas vitórias em Monza, Verona e Le Mans, frente aos potentes Fiat e Abarth.

Carros Relacionados