CHEVRON

A Chevron é um fabricante de carros de corridas, fundada em 1965 por Derek Bennett, que esteve à frente da empresa até a sua morte em 1978. Derek Bennett nasceu em Manchester em 1933 e foi criado em Prestwich. Bennet era um engenheiro autodidata e um hábil piloto de corridas.

Em sua infância, Bennett se encantou pelos aviões e isso o levou a aprender engenharia mecânica e elétrica. Não passou muito tempo até que começou a interessar-se pelas corridas de automóveis locais que eram celebradas no norte da Inglaterra.

Bennett obteve as licenças e permissões necessárias para a fabricação, manutenção e pilotagem de carros de corridas, e começou a dedicar-se à organização de competições e eventos em clubes, especialmente o ‘Bennett Special’, onde participavam carros com motor Ford de 1.172 cc, e que mais tarde se transformou na categoria Clubmans - uma categoria nacional britânica em que competiam carros esportivos de teto aberto, equipados com motores dianteiros Ford.

Bennett também construiu um único exemplar de carro de fórmula Junior, com o qual obteve resultados moderados. O fato de competir com outros carros contemporâneos com motores traseiros de competição como os Lotus e os Cooper, foi um bom aprendizado para ele, mas a era dos construtores de carros de fórmula Junior havia terminado.

Em 1965 Bennett tinha em carteira um bom número de pedidos de réplicas de seu coche da categoria Clubmans, e ajudado por um pequeno grupo de entusiastas com ideias afins (em particular seu amigo e assistente Paul Owens) decidiu estabelecer-se como fabricante de automóveis de corridas com a marca Chevron. Durante uma década e meia, a Chevron produziu com sucesso, belos carros de corridas.

Em 1978, quando estava finalmente trabalhando em um Chevron para a Fórmula 1, Bennett teve um acidente fatal com uma asa delta que provocou a sua morte.

A pesar da morte de Bennett, a Chevron se manteve ativa de diversas e controvertidas maneiras.

Os carros Chevron da era Bennett

A Chevron é especialmente conhecida por seus carros de categorias inferiores e por seus monolugares de Fórmula 2, Fórmula 3 e Fórmula 5000.

A marca nunca abordou seriamente a categoria de Fórmula 1. Foi construído somente um carro para a categoria principal do automobilismo esportivo, que não pode ser terminado devido à morte de Bennett, e mais tarde quando acabaram, foi utilizado a nível nacional no campeonato Aurora de Fórmula 1 do Reino Unido.

Apesar de os carros desenvolvidos por Derek Bennett para a categoria Clubmans fossem eficazes, os clientes da Chevron começaram a demandar carros capazes de participar em categorias superiores, portanto a Chevron iniciou a produção de uma linha de modelos de Gran Turismo que foram denominados B3. Esses carros foram homologados mais tarde para participar em corridas dos Grupos 4 e 5 utilizando motores BMW e Ford, capazes de competir a nível internacional na categoria de dois litros.

O modelo que substituiu os B3 foi o B16. O piloto Brian Redman dizia que a carroceria coupe pesava muito para competir contra outros modelos como os Abarth Spyder (sem teto). Devido a isso, foi introduzido o B16 Spyder, com uma carroceria inspirada no Porsche 908 Spyder (que também havia sido pilotado por Redman), e representou o início de uma longa sucessão de bem sucedidos carros esportivos na categoria dos dois litros (B19, B21, B23, B26, B31 ...).

A Chevron esteve ativa nas fórmulas de monolugares durante um bom período de tempo, concentrando-se, sobretudo na Fórmula 2 e Fórmula Atlantic (SCCA Fórmula B), com pequenas versões do mesmo projeto básico e com incursões ocasionais na Fórmula 3.

O apogeu da marca chegou aos anos 70 e terminou em 1978 com a morte de Derek Bennett. A Chevron passou a ser propriedade das irmãs de Derek e continuou normalmente com suas operações durante alguns anos com Tony Southgate à frente como Consultor de Design, até que a propriedade da empresa mudou de mãos. Desde então a Chevron seguiu fabricando carros.

Vários colaboradores importantes da Chevron, incluídos o projetista Paul Brown e o chefe dos mecânicos Paul Owens, também trabalharam construindo carros de Fórmula 2 para a Maurer e mais tarde para a Reynard Racing Cars.

Derek Bennett esteve envolvido em um acidente em Oulton Park com um carro que levava o número 11, e como resultado adquiriu uma superstição sobre a utilização do número 11, e seus múltiplos. Essa superstição se estendeu à numeração dos chassis. Não existem chassis da Chevron originais com numerações múltiplas de 11.

Chevron depois de Derek Bennett

Em abril de 1980, a Chevron e as empresas de Derek Bennett foram liquidadas. Todos os ativos, incluídos todos os direitos sobre os projetos, componentes e carrocerias foram recomprados pela Chevron Racing Cars Scotland Ltd.

A Chevron Racing Cars Scotland Ltd, foi liquidada em 1983. Todos os ativos da empresa, os direitos sobre os projetos e componentes necessários para produzir os carros de corridas Chevron foram comprados por Roger Andreason, que constituiu a Chevron Cars Ltd.

Em 2006, a maior parte das ações que Roger Andreason possuía da Chevron Cars Ltd foi comprada por Chris Smith. Roger Andreason deixou de ser acionista da Chevron Cars. Depois houve um substancial investimento por parte Chris Smith - fundador da Westfield Sportscars.

Atualmente, a propriedade dos direitos das antigas empresas de Derek Bennett pertence à Chevron Cars Ltd. A Chevron Cars Ltd não tem nenhuma conexão com nenhuma outra empresa que atualmente utilize o nome ‘Chevron’.

Todos os modelos de corridas Chevron são exclusivamente construídos e preparados no Reino Unido pela Kelvin Jones Motorsport, que dispões de engenheiros especialistas homologados pela Chevron.

A Kelvin Jones Motorsport produz e comercializa o modelo B1 Mk2. O magnífico primeiro carro de corridas Chevron, o B1 participante na Fórmula Clubmans em 1965, ressuscitou novamente com o nome de Chevron B1 Mk2 em forma de roadster de dois lugares produzido pela Chevron Racing. O Chevron B1 Mk2 é equipado com um motor Ford de 4 cilindros com eixo comando no cabeçote e 1.6 litros. A transmissão é de 5 velocidades.

Em 2010 foi apresentado o Chevron GR8 Concept.

Carros Relacionados