LEXUS

Sua filosofia é a busca da perfeição sobre rodas. E ao analisar seus novos modelos pode se chegar à conclusão que essa filosofia é seguida a risca. Os modelos da marca LEXUS são a mais autêntica tradução de tecnologia avançada, design moderno e alto desempenho.

Tudo começou em agosto de 1983 quando o presidente da Toyota, Eiji Toyoda, desafiou seus executivos a desenvolverem o melhor carro de luxo do mundo. A montadora havia decidido que era hora de lançar um automóvel de alto luxo, que pudesse mudar o mercado, especialmente o exigente consumidor americano. Dois anos depois, um grupo de pesquisadores desembarcou na cidade de Laguna Beach na Califórnia, com o propósito de investigar os gostos e estilo de vida da classe alta americana. Daí resultou a necessidade de criar uma nova marca que fosse autônoma da Toyota. Foi então criada uma divisão de automóveis de luxo da montadora japonesa, batizada de LEXUS. No meio deste mesmo ano foi fabricado o primeiro protótipo, chamado LS 400.

No ano seguinte o protótipo foi testado nas autoestradas da Alemanha e dos Estados Unidos, tendo seu projeto final aprovado em 1987. Em todo o projeto foram investidos mais de US$ 4 bilhões, e estiveram envolvidos 1.400 engenheiros, 60 designers e 2.300 técnicos, além de 450 protótipos. Em janeiro de 1988 a marca LEXUS apresenta oficialmente o modelo LS 400 no Salão de Los Angeles. Poucos meses depois foram inauguradas as primeiras 81 concessionárias da marca em território americano. Após um rígido programa de testes, onde mais de 100 modelos foram exaustivamente submetidos a testes de colisão, finalmente a LEXUS apresentou seu primeiro modelo no Salão de Detroit, iniciando assim suas vendas no mercado americano em setembro ao preço de US$ 38.000. O LEXUS LS 400, equipado com um motor V8 de 4.0 litros, era um veículo silencioso e sofisticado.

Devido a uma enorme operação de marketing e ao seu elevado luxo e qualidade, não se esquecendo do preço, extremamente competitivo, o LEXUS tornou-se um verdadeiro sucesso de vendas. No ano seguinte o LEXUS LS 400 foi eleito o melhor carro importado dos Estados Unidos e chegou ao mercado europeu, sendo lançado inicialmente no Reino Unido. O exigente consumidor britânico ficou impressionado com a qualidade dos modelos LEXUS. Pouco depois os modelos da marca foram introduzidos na Suíça, Canadá e Austrália. Em 1991 a LEXUS já era uma das principais marcas importadas de automóveis de luxo do mercado americano, e no ano seguinte alcançava o primeiro lugar em vendas na categoria de carros de luxo importados, superando as tradicionais BMW e Mercedes-Benz. Vendeu 92.890 unidades, um número espantoso para uma marca recentemente introduzida no mercado.

Em 1994 a segunda geração do LS 400, totalmente reestilizada era lançada no mercado. Neste período, a marca solidificou sua posição de liderança no mercado, sendo o automóvel de luxo importado mais vendido dos Estados Unidos, superando todos os seus concorrentes europeus. A popularidade da marca aumentou ainda mais em meados dessa década, com a introdução do primeiro veículo utilitário esportivo da marca. Apenas dois meses após seu lançamento, o modelo já era líder de mercado, ultrapassando o Land Rover em unidades vendidas.

No final da década, em 1999, foi criada a TEAM LEXUS, divisão de competição automobilística da marca japonesa, que conquistou sua primeira vitória em sua temporada de estreia. Ainda nesse ano, a LEXUS comemorava a marca de 1 milhão de veículos vendidos nos Estados Unidos. Nesta altura a marca era considerada a mais bem sucedida em sua categoria nos últimos 30 anos. Em 2003 a marca inaugurou sua primeira fábrica fora do Japão, localizada em Cambridge, Ontário, no Canadá.

Somente em 2005 a marca LEXUS foi introduzida no mercado japonês. Pouco depois, em 2007, a LEXUS criou a divisão de elevada performance ‘F’, aplicando-a no LEXUS IS-F. Com esta nova divisão a montadora passava a poder competir com as suas principais rivais europeias. Para satisfazer o apetite crescente por carros de luxo em mais um país emergente, a LEXUS apresentou oficialmente em 2011 sua marca na Índia.

Um dos fatores de grande sucesso da marca atende pelo nome de LEXUS HYBRID DRIVE, uma tecnologia inteligente que combina a potência do motor elétrico com a do motor a gasolina para obter um desempenho impressionante, com emissões de gases significativamente mais reduzidas. A LEXUS não só apostou na qualidade de construção de seus impecáveis automóveis como também na qualidade do serviço pós-venda. As instalações de serviço apresentam um elevado requinte e conforto, oferecendo máquinas de capuccino, Wi-Fi, mesas com Lego para as crianças e transporte a aeroportos para executivos ocupados que deixam seus carros para revisão. Por este e outros motivos a LEXUS obteve por várias vezes o primeiro lugar no ranking de satisfação dos clientes.

Carros Relacionados