2016 - RENAULT KADJAR

- O primeiro crossover da Renault para o segmento C acaba de ser desvendado

- Esta é a aposta da Renault para combater o sucesso de vendas da Nissan, o Qashqai

Depois de ter falhado no nicho dos SUV´s compactos, a Renault está determinada em recuperar o atraso. A marca revelou hoje o Kadjar, com o qual espera ter o mesmo sucesso que o seu primo, o Nissan Qashqai.

O nome Kadjar pode não soar bem, mas se pensarmos bem, o Nissan Qashqai partilha o mesmo “defeito”, e não foi por isso que deixou de ser um dos dez modelos mais vendidos em toda a Europa. Comum também entre os dois modelos, é a plataforma CMF, embora o modelo francês seja 7 centímetros mais comprido que o seu primo japonês, tendo 4,45 metros de comprimento e 1,84 metros de largura.

Tal como o Qashqai, o novo crossover da Renault estará disponível com os motores diesel 1.5 dCi de 110 cv e 1.6 dCi de 130 cv.

Terá as versões 4×4, 4×2 e uma versão intermediária 4×2 Extended Grip, com o controle de tração regulável Grip Control.

Embora o modelo tenha um estilo mais dinâmico, faz lembrar o irmão mais novo Captur. Exteriormente, destaque para o logo da Renault que sobressai na grade dianteira, faróis com luzes diurnas, rodas de 19 polegadas e um porta-malas bastante vertical. As versões de topo trazem de série luzes 100% LED, como a maioria dos novos modelos.

No interior, o parentesco com o Qashqai continua a ser visível. Os controles de ar condicionado são idênticos, mas a instrumentação e o volante estão em conformidade com o estilo da marca francesa. Em termos de tecnologia, o Kadjar vem de série com o sistema multimídia touchscreen de 7 polegadas e conta com sistema de frenagem de emergência automática, aviso de saída da faixa, câmera traseira e reconhecimento dos sinais de limite de velocidade.