24/03/2020 - A PRODUÇÃO DO POLESTAR 2, O ESPERADO RIVAL DO TESLA MODEL 3, ESTÁ EM MARCHA NA CHINA

Uma vez realizados com êxito os testes de produção, finalmente começou a montagem em série do primeiro carro elétrico da Polestar. O esperado Polestar 2 está dando a volta na esquina, um interessante modelo concebido para rivalizar principalmente com o Tesla Model 3. Já está sendo produzido e as primeiras entregas terão como destino clientes da Europa.

A produção do novo Polestar 2 acontece em uma fábrica localizada em Luqiao, na China. O gigante asiático desempenhará um papel fundamental no futuro mais imediato deste novo veículo plug-in. Depois da Europa, o Polestar 2 chegará à China e aos Estados Unidos. Também é importante destacar que se trata do primeiro elétrico fabricado neste centro de produção chinês.

Thomas Ingenlath, CEO da Polestar, comentou o seguinte sobre o início da produção em série: “O mundo enfrenta uma grande agitação frente à pandemia gerada pelo coronavirus. Começamos a produção agora nestas circunstâncias desafiantes, com um forte enfoque na saúde e na segurança de nossa gente. Esta é uma grande conquista e o resultado dos grandes esforços do pessoal da fábrica e da equipe que assegura a cadeia de fornecimento. Tenho um grande respeito por toda a equipe. Graças a eles!”.

O centro de produção localizado em Luqiao é propriedade da Zhejiang Geely Holding e é operado pela Volvo. Desta maneira, a Polestar se aproveita da capacidade industrial de suas empresas matrizes para a fabricação de seus modelos. O novo Polestar 2 está disponível em dez mercados globais contidos na Europa, China e Estados Unidos. Pode ser reservado com um pagamento prévio de um depósito (reembolsável) de 1.000 euros.

Lembrando que o Polestar 2 é propulsionado por dois motores elétricos que desenvolvem uma potência de 300 kW (408 cv) e 660 Nm de torque máximo. Dispõe de uma configuração de tração total e é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em menos de 5 segundos. Uma bateria de íons de lítio de 78 kWh alimenta os dois motores. Homologa uma autonomia de 500 quilômetros segundo o ciclo WLTP.

Com relação à chegada das primeiras unidades, como assinalado no início, a Europa será o primeiro mercado a receber o novo Polestar 2. As primeiras entregas estão programadas para final do primeiro semestre deste ano de 2020.

Confira as Fotos