11/09/2019 - AUDI AI:TRAIL QUATTRO CONCEPT ESTREIA NO SALÃO DE FRANKFURT 2019

Completando a saga de protótipos conceituais que começou em 2017 com o Audi Aicon Concept, a marca alemã aproveitou o Salão de Frankfurt 2019 para revelar o último de todos, o Audi AI:TRAIL quattro Concept. Trata-se de um estudo completamente elétrico que adianta como poderão ser os crossovers extremos no futuro, enquanto combina a condução autônoma com excelentes capacidades off-road.

E não só adianta o futuro dos crossovers, como mostra alguns detalhes de design e estilo que poderão acabar chegando à linha SUV da Audi nos próximos anos. O mais destacado de sua robusta imagem é sua cabine panorâmica com grandes janelas em ambos os lados e no teto, os grandes arcos de roda, a suspensão sobre-elevada e, é claro, as descomunais rodas calçadas com pneus todo-terreno.

O Audi AI:TRAIL quattro Concept conta com dimensões muito similares às de um Audi Q3. Mede 4.150 mm de comprimento e 2.150 mm de largura, com uma distância livre do solo de 34 cm, o que lhe permitirá rodar na água com mais de meio metro de profundidade. Enquanto isso, os ocupantes poderão permanecer secos e salvos em uma cabine que combina minimalismo, materiais naturais e a melhor tecnologia.

No interior do AI:TRAIL quatro, que pode ser acessado através das quatro portas laterais (as traseiras, de abertura invertida), oferece espaço para quatro passageiros, com bancos traseiros de tecido. A madeira e as superfícies limpas, sem telas nem controles desnecessários, permite que os ocupantes dianteiros, sobre bancos de tecido, tenham uma visão perfeita do exterior. Também foram incluídos alguns complementos interessantes, como lanternas, cinturões de segurança de quatro pontos, binóculos, garrafa térmica e cabos de corda sobre o teto.

O volante, sem a parte superior, integra um suporte para smartphones e duas telas com os comandos básicos do carro. Inclusive a gestão da transmissão é realizada a partir do próprio volante. Os espelhos retrovisores tradicionais foram substituídos por câmeras como as que já equipam o Audi e-tron, e que projetam suas imagens ao interior através de duas telas montadas nos pilares A.

Encarregados de oferecer energia diretamente às rodas se encontram quatro motores elétricos, um em cada roda, com uma potência combinada de 435 cv e um torque máximo de 1.000 Nm. Não há diferenciais nem bloqueios centrais, já que o sistema de propulsão elétrico é capaz de controlar individualmente cada motor dependendo das condições de condução.

A Audi não divulgou as características da bateria que alimenta o sistema de propulsão elétrico, mas assegura que oferece uma faixa de autonomia entre 400 e 500 quilômetros sobre estradas asfaltadas, enquanto que uma vez abandonando a tranquilidade do pavimento, a autonomia pode ser de até 250 quilômetros sobre superfícies irregulares. Por sua parte, a velocidade máxima foi limitada a 130 km/h.

Confira as Fotos