04/01/2020 - LAMBORGHINI REVELA O NOVO HURACÁN EVO DE TRAÇÃO TRASEIRA

Inesperadamente, a casa de Sant’Agata Bolgnese revelou de maneira online o novo Lamborghini Huracán EVO de tração traseira. Embora esperava-se que esta nova versão fosse revelada cedo ou tarde, ninguém imaginava que a marca italiana levantaria o véu do esportivo poucos dias depois de começar o novo ano, durante um final de semana e sem esperar um grande evento, simplesmente lançando um comunicado online com todas as imagens e especificações do modelo.

Quem teve o primeiro sinal da chegada desta nova versão foram os usuários do aplicativo Unica da Lamborghini, que logo puderam ver uma das primeiras imagens do modelo como um adiantamento. No entanto, nada sugeria que seu lançamento estaria tão próximo. De fato, o comunicado de imprensa da marca chegou poucos minutos depois de ter aparecido a primeira imagem vazada desta versão, de modo que nem deu tempo de o vazamento aparecer nas redes.

Como era de se esperar, o novo Lamborghini Huracán EVO RWD não é uma mera versão sem o sistema de tração total, mas conta com características e especificações próprias, que lhe separam do Lamborghini Huracán EVO convencional.

Na parte estética surgem leves mudanças, como é o caso do novo para-choque dianteiro, específico para esta versão e que se distingue por suas novas entradas de ar laterais, sem os estilizados flaps ou aletas que o Huracán EVO monta nesta zona. Na parte traseira também surgem novidades, embora estas sejam um pouco mais sutis, o vidro vigia traseiro agora conta com uma forma escalonada tipo persiana (um detalhe retro que lembra o Miura) e o difusor inferior, que continua sendo da mesma cor da carroceria, mas agora conta com novas formas nas laterais. De um modo geral, o modelo não muda muito em relação à versão de tração total, mas as modificações são suficientes para que o usuário possa distinguir de cara a qual versão mecânica corresponde.

Na parte mecânica é onde surgem as maiores diferenças, pois além da ausência do sistema de tração total, oferece um rendimento mecânico muito diferente. Como é habitual neste tipo de versões de tração traseira, a Lamborghini equipou esta nova versão RWD com um motor ligeiramente menos potente, com 30 cv a menos que o Huracán EVO, portanto, com 610 cv e 560 Nm de torque máximo.

A transmissão automática de 7 velocidades continua sendo a mesma que monta o seu irmão de tração total, mas graças à ausência deste sistema e a uma construção que combina alumínio e materiais compostos tanto no chassi como na carroceria, o novo Huracán EVO RWD apresenta um peso de somente 1.389 quilos, frente aos 1.422 quilos do Huracán EVO convencional. A relação peso/potência passa dos 2.22 kg/cv do EVO standard para os 2.28 kg/cv da nova versão de tração traseira.

Segundo os dados oferecidos pela marca, esta nova versão de tração traseira é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 3.3 segundos (2.9 segundos para o EVO standard) e alcança a mesma velocidade máxima do seu irmão de tração total, ou seja, 325 km/h. No entanto, não é o desempenho puro o mais importante desta nova versão, já que a marca a define como uma ‘máquina de condução visceral’ onde o ‘condutor se encontra no centro da experiência de condução’.

Para isso, os engenheiros italianos modificaram o controle de tração P-TCS especialmente para as novas exigências de aderência da tração traseira e, portanto, dos três modos de condução (Strada, Sport e Corsa) do sistema ANIMA (Adaptive Network Intelligent MAnagement ou Rede de Gestão Adaptativa Inteligente).

Confira as Fotos