29/06/2020 - PORSCHE APRESENTA NA CHINA A ESPERADA VERSÃO BÁSICA DO TAYCAN

Os relatos revelaram-se corretos e como esperávamos, a Porsche apresentou uma nova versão de acesso à linha do seu sedan elétrico, embora por enquanto só esteja disponível no mercado chinês. Ela recebe a denominação simplesmente de Porsche Taycan, sem siglas ou sobrenomes, de modo que a partir de agora quando nomearmos o Taycan cabe a possibilidade de que não estejamos nos referindo à linha em geral, mas a uma versão em concreto.

O novo Porsche Taycan pouco se diferencia daquele que até agora era a versão de acesso, o Porsche Taycan 4S. O novo modelo conta com rodas de 19 polegadas de série, mas se pode optar pelas de 20 e 21 polegadas que equipam o resto das versões. Além das novas rodas, não há mais diferenças a nível exterior entre as duas versões mais econômicas da linha.

A principal novidade desta nova versão é que não conta com o motor dianteiro, portanto, dispõe somente de tração traseira, um esquema que será exclusivo para esta versão básica, pois todas as demais utilizam dois motores e dispõem de tração total. Esta versão também será a menos potente, seu motor traseiro entrega 476 cv, o que lhe permite acelerar de 0 a 100 km/h em 5.4 segundos e alcançar uma velocidade máxima de 230 km/h.

Agora, ao perder o motor dianteiro também conta com um peso notavelmente inferior, de modo que o Taycan básico pode contar com uma autonomia maior que a do resto das versões. Segundo o ciclo de homologação NEDC (o vigente na China) o novo Taycan básico oferece 412 km de autonomia com seu pacote de baterias padrão, de 79.2 kWh, enquanto que ao montar o pacote opcional, de 93.4 kWh, a autonomia se eleva até 488 km. Espera-se que se esta versão for comercializada nos mercados ocidentais, estas cifras sejam reduzidas consideravelmente devido aos mais restritos procedimentos dos ciclos de homologação WLTP e EPA, vigentes nos Estados Unidos e Europa.

Esta nova versão será a mais barata da linha. O novo Porsche Taycan básico de tração traseira tem um preço de saída na China de 888.000 yuans, o que equivale a cerca de 678.000 reais ao câmbio atual, o que significa 260.000 yuans (198.000 reais) a menos que o Taycan 4S de dois motores, cujo preço na China é de 1.148.000 yuans (876.000 reais). Estes preços correspondem à sua configuração básica, com seu pacote de baterias padrão, que compartilha com o Porsche Taycan 4S, mas por cerca de 46.591 yuanes (35.560 reais) se pode solicitar a bateria opcional ‘Performance Battery Plus’, que é utilizada pelos Taycan Turbo e Taycan Turbo S e que dispõe de 93.4 kWh.

Confira as Fotos