10/06/2021 - RENAULT MÉGANE E-TECH ELECTRIC: A REVOLUÇÃO ELÉTRICA DO COMPACTO FRANCÊS

A apresentação da nova Renault de Luca De Meo deixou-nos com duas interessantes novidades que estão por vir dentro do grupo francês. Uma delas foi o já famoso Renault 5 Prototype que causou sensação e a outra, materializada no mesmo cenário, foi o Renault Mégane eVision, uma curiosa revolução do popular compacto francês para dar as boas-vindas à eletrificação, com a nova plataforma CMF-EV e um design a meio caminho entre um crossover e um coupe.

Após o anúncio passaram alguns meses até que os fotógrafos de plantão pudessem flagrar a versão definitiva de produção pelo norte da Suécia. Um exemplar camuflado que mantinha em boa parte as formas do concept visto no último mês de fevereiro, quando o próprio De Meo já havia adiantado que 95 por cento do que foi visto então estaria na versão de produção que começará a ser fabricada no final deste mesmo ano. Agora após as primeiras imagens do seu interior e traseira em primeiro plano, a marca francesa já mostra praticamente descoberto e a partir de todos os ângulos o novo Renault Mégane E-Tech Electric com seu aspecto definitivo.

Oculto apenas por uma fina e chamativa capa de camuflagem podemos confirmar que efetivamente entre o Renault Mégane eVision e este Mégane E-Tech Electric mostrado em uma versão de pré-produção não haverá muitas diferenças. Estamos diante de um carro que ganhou certo volume com relação ao compacto de toda a vida, mas que se destaca por uma moderna parte frontal com finas ópticas fundidas com o novo losango da Renault através de uma lâmina horizontal, enquanto que sua traseira se apresenta com um esportivo aspecto com uma tampa lisa onde se destacam as letras do modelo, com o ‘E’ pintado de um tom amarelo em referência à sua natureza elétrica, assim como lanternas estilizadas que vão unidas por uma fina tira de luzes LED com o novo logo da marca francesa também presente. Embora o mais chamativo aqui seja a esportiva caída do seu pequeno vidro traseiro, bastante tapado por seu marcado spoiler que dá esse toque tão coupe ao crossover elétrico.

A Renault também ofereceu recentemente imagens do seu novo interior, com duas telas de grandes dimensões, uma delas táctil, que farão as funções de quadro de instrumentos digital e sistema de infotainment. Entre elas fica um espaço para guardar o cartão do carro, ou seja, a chave que servirá para abrir e fechar o veículo, assim como para dar a partida no powertrain elétrico. Também podem ser apreciados os botões físicos e vários espaços para deixar diferentes objetos, sem esquecer de um espaço reservado para a carga sem fios do telefone.

Em termos de dimensões será, apesar do que possa parecer, um compacto de dimensões reduzidas, com 4.21 m, mas de acordo com De Meo será mais espaçoso que seus concorrentes. Além disso, contará com uma compacta bateria de 60 kWh que não alterará muito suas dimensões e que permitirá alcançar uma autonomia de 450 km pelo ciclo WLTP. Além disso, será refrigerada por água, permitindo sem problemas cargas a 130 kW que permitam recuperar 260 km em meia hora. Também admitirá carga inteligente e conexão do veículo à rede para aproveitar as horas de maior e menor demanda para oferecer e obter eletricidade da forma mais proveitosa.

A nível mecânico este Mégane elétrico contará com um único motor dianteiro com uma potência de 217 cv (160 kW), suficiente para acelerar de 0 a 100 km/h em menos de 8 segundos, embora sua nova plataforma CMF-EV permita instalar um motor traseiro adicional para as versões de maior desempenho que possam chegar sob o selo da Alpine/Renault Sport.

A apresentação já totalmente descoberta desta unidade de pré-série serve como arranque para os primeiros testes do modelo em estradas abertas ao público. Uma tarefa que recairá nas 30 unidades que a Renault construiu na fábrica de Douai para estes testes, todas elas com esta camuflagem especial que joga com as linhas do novo losango da Renault na cor branco, preto e lima.

A Renault se aproveitará de sua já longa experiência com veículos elétricos como o Renault Zoe e sua aliança com a Nissan e seu LEAF para concretizar este novo modelo que começará a ser produzido no final deste ano para ser lançado oficialmente no início de 2022, com o objetivo de competir com as melhores cartas contra rivais como o Volkswagen ID.3. Será um dos primeiros modelos que nascerão desta nova era do fabricante francês.

Confira as Fotos