30/06/2020 - VOLKSWAGEN GOLF VARIANT ENCERRA SUA PRODUÇÃO NA PLANTA DE ZWICKAU

Desde o último mês de novembro teve início a produção da edição especial e limitada do novo Volkswagen ID.3 1ST, embora as linhas de montagem ainda estivessem fabricando modelos com motores a combustão. Até o último dia 26 de junho quando saiu o último exemplar. Assim, encerra-se um capítulo na história dessa fábrica que se transforma a partir de agora em uma planta onde sairão unicamente modelos elétricos.

Em 30 anos, de 1990 a 2020, a planta da Volkswagen em Zwickau fabricou seis milhões de unidades do Golf Variant, precisamente o modelo que pode orgulhar-se de ser o último produzido nesta fábrica, e de onde a partir de agora sairão as unidades para a Europa do ID.3 e ID.4, do SEAT el-Born e do futuro Audi Q4 e-tron.

A Volkswagen planeja realizar algumas modificações a mais nas instalações de montagem, com um investimento de 1.2 bilhões de euros, que permitam aumentar a produção diária de 1.350 a 1.500 unidades a partir de 2021, de modo que com o contador zerado, se espera conseguir alcançar a marca deixada pela perua compacta em menos tempo.

Um requisito indispensável para poder cumprir com os planos do grupo VAG, que contempla produzir seis modelos de três de suas marcas baseados na plataforma MEB, já que o Skoda ENYAQ iV será o único deslocado à sede da marca checa, a fábrica de Mladá Boleslav.

A partir do próximo mês de setembro, esta planta começará a produção de elétricos a um elevado ritmo de produção, uma sede que não será a única e à qual se somarão em breve também as de Emde, Hannover e Dresden, em princípio esta última exclusiva para o ID.3. Zwickau ainda tem um compromisso, a produção das carrocerias dos Lamborghini Urus e Bentley Bentayga.

Confira as Fotos