2022 - MERCEDES-AMG GT 4-DOOR

Basicamente, o Mercedes-AMG GT 4 Portas 2022 conserva sua imagem, embora acrescente três novas cores (Spectral Blue Metallic, Spectral Blue Magno e Cashmere White Magno), novos desenhos para as rodas de 20 e 21 polegadas, assim como pinças de freio vermelhas disponíveis para a versão de acesso à linha. As versões de 6 cilindros agora podem adotar a parte frontal das de 8, enquanto que o novo pacote AMG Night Package II acrescenta um toque de esportividade com uma série de detalhes em cromo escuro.

Com relação ao interior, o maior destaque é a presença de um novo volante AMG Performance que conta com um sensor integrado para determinar se as mãos do condutor estão nele, diferentes botões e aletas do câmbio de maior tamanho. Além disso, a Mercedes-Benz introduziu novos estofamentos e molduras decorativas, assim como lugares traseiros que agora contam com uma configuração de três assentos, de forma que o GT de 4 portas volta um pouco mais prático.

O fabricante alemão apresentou seu atualizado sedan de alto desempenho sem mudanças debaixo do capô, com as versões de 6 cilindros em linha como protagonistas. Estas estão baseadas em um motor turbo alimentado de 3.0 litros que desenvolve 367 cv de potência e 500 Nm de torque máximo no GT 43, enquanto que o GT 53 oferece um extra de desempenho com seus 435 cv e 520 Nm. A encarregada de digerir toda a energia é uma transmissão automática de 9 velocidades que se conecta com o sistema de tração integral 4Matic+ com distribuição variável de torque. No melhor dos casos, o AMG GT 4 Portas Coupe alcança os 100 km/h em 4.5 segundos (o GT 43 leva 4.9 s) e sua velocidade máxima é de 285 km/h.

A Mercedes-Benz não forneceu detalhes sobre as versões V8 que serão apresentadas mais adiante e o mesmo acontecerá com a grande novidade desta atualização, ou seja, a introdução de um sistema de propulsão híbrido plug-in que, provavelmente, receberá a denominação GT 73e. Falamos de uma versão que combinará o bloco V8 biturbo de 4.0 litros com um motor elétrico para assim superar os 800 cv de potência. Contará com uma transmissão automática de 2 velocidades e um diferencial traseiro de deslizamento limitado.

Deixando de lado os motores, falamos agora da suspensão AMG Ride Control+ otimizada, que estreia duas válvulas encarregadas de limitar a pressão dos amortecedores adaptativos (uma se encarrega de controlar o rebote e outra a compressão). Assim, o sistema permite ajustar de forma mais precisa a força de amortecimento em função das diferentes condições e programas de condução. Além disso, o sedan de alto desempenho estreia silentblocks no eixo dianteiro com diferentes níveis de rigidez, que oferecem maior flexibilidade longitudinal sem perder precisão e feedback na direção.

Por último, mas não menos importante, cabe destacar que a atualização vem acompanhada por uma edição exclusiva, disponível para todas as motorizações, cujas principais características são a pintura vermelha do exterior, os cromados que rodeiam a carroceria e rodas forjadas de 21 polegadas. O interior exibe um estofamento exclusivo, molduras de madeira de freixo cinza de grão natural e soleiras das portas iluminadas. As primeiras unidades desta atualização chegarão aos concessionários em agosto.