2021 - RAM 1500 TRX

Assim como havia prometido a marca americana, hoje foi revelada a nova RAM 1500 TRX 2021, a versão mais poderosa da linha de pick-ups full size de serviço leve da RAM Trucks. Uma versão da qual já vínhamos falando há tempos e que foi confirmada com a apresentação do Plano Estratégico 2018-2022 do Grupo FCA.

Esta versão TRX se caracteriza por esconder debaixo do capô o conhecido e brutal motor V8 HEMI Hellcat que é utilizado nas versões mais radicais dos modelos da Dodge e da Jeep, mas que até agora não havia estado disponível em nenhum modelo com o emblema da RAM. Este selvagem bloco V8 com mais de 700 cv é a estrela absoluta do conjunto, embora não estejamos falando de uma simples mudança de motor, pois a nova RAM 1500 TRX estreia uma configuração de chassi muito mais radical que o resto das versões regulares do mesmo modelo.

Desde o primeiro momento era evidente que essa versão iria equipar o motor V8 Hellcat, embora não estivesse claro em que nível de potência, pois este bloco pode ser encontrado desde os 717 cv (707 hp) das primeiras versões Hellcat até os 851 cv (840 hp) do selvagem Dodge Challenger SRT Demon de edição limitada. No entanto, as características especiais da pick-up obrigaram os engenheiros apresentarem uma configuração específica para este modelo, que conta com 712 cv (702 hp), o que significa o nível de potência mais baixo visto até agora na linha Hellcat. Embora se trate de uma redução de potência insignificante, de somente 5 cv em relação à configuração que pode ser encontrada no Jeep Grand Cherokee Trackhawk, que conta com os mesmos 717 cv (707 hp) das primeiras versões Hellcat apresentadas durante no modelo 2015.

Esta mecânica está associada a um sistema de tração total através de uma transmissão automática de 8 velocidades, de modo que esta é a terceira versão Hellcat que encontramos com tração nas 4 rodas.

Graças à sua brutal mecânica, a RAM 1500 TRX se apresenta como a pick-up mais potente e rápida do mercado, pois é capaz de acelerar de 0 a 96 km/h (0-60 mph) em somente 4.5 segundos e de seguir acelerando até completar o quarto de milha em 12.9 segundos, com uma velocidade de 174 km/h. A velocidade máxima absoluta da TRX é de 190 km/h.

A nível estético as mudanças são exatamente aquelas que todos esperavam, com eixos notavelmente mais largos, agressivas rodas de 18 polegadas com pneus off-road de grande relevo e uma frente de design específico, que conta com uma nova grade e um para-choque mais agressivo que o das versões regulares e que se inspira no da RAM Rebel TRX Concept de 2016. Além disso, surge um capô bem musculoso com uma grande entrada de ar central plenamente funcional e duas grandes telas de saída nas laterais.

O aspecto desta versão é muito agressivo e esportivo, com claros toques de estética off-road. O que não surpreende tendo em conta a agressiva configuração de chassi que estreia esta versão TRX.

Ambos os trens de rodagem são 20.3 cm mais largos, foram reforçados e agora contam com um esquema de suspensão mais esportivo, com novos amortecedores Bilstein reguláveis que, junto com as novas rodas off-road de 35 polegadas, permitem maximizar o desempenho do modelo fora do asfalto.

No interior também surge uma configuração mais esportiva, mas também mais luxuosa, com dois níveis de equipamento disponíveis (TR1 e TR2) e uma das dotações de equipamento mais ricas da linha RAM 1500. Nas imagens oficiais podemos ver o novo seletor de modos de condução e as distintas aplicações que permitem controlar o rendimento do modelo e que são visíveis tanto no painel de instrumentos digital como na enorme tela do console central. Os revestimentos são de couro com alguns toques de vermelho, como é o caso das costuras em contraste que se estendem a diversas áreas do habitáculo, além dos emblemas TRX que podem ser encontrados nos bancos e no painel.

O preço desta nova versão já foi anunciado nos Estados Unidos e será de 69.995 dólares, embora por enquanto não tenha sido revelada sua data de lançamento, que seguramente acontecerá no final deste ano ou início de 2021, pois sua produção começará durante o último trimestre de 2020.