28/02/2020 - CITROËN AMI: O PEQUENO ELÉTRICO FRANCÊS ENTRA EM CENA

Apresentado no ano passado como um concept car, o novo Citroën AMI está pronto para chegar aos concessionários da marca francesa ainda este ano. Trata-se de um pequeno veículo urbano elétrico, que inicialmente estará disponível somente na França, mas que posteriormente chegará aos outros países da Europa.

Trata-se de um modelo de dois lugares de reduzidas dimensões e atrativo design, com um aspecto descontraído que seguramente não deixará ninguém indiferente. De formas quadradas e linhas bem retas, o novo Citroën AMI é a nova aposta da marca em termos de mobilidade urbana sustentável.

Este pequeno urbano elétrico da marca francesa mede apenas 2.41 metros de comprimento, 1.39 metros de largura e 1.52 metros de altura e pesa somente 485 quilos. Está equipado com um motor elétrico e uma bateria com uma capacidade de 5.5 kWh que pode ser recarregada em três horas e que lhe proporciona energia suficiente para rodar 70 quilômetros com uma carga completa, a uma velocidade máxima de 45 km/h.

Os painéis da carroceria são intercambiáveis, um recurso que significa uma importante economia nos custos de fabricação e manutenção. As portas de ambos os lados da carroceria são exatamente iguais, já que têm as dobradiças nos lados opostos e são intercambiáveis entre si. A do acompanhante possui abertura convencional, enquanto que a do condutor é de abertura inversa.

O interior é bem básico e inclui somente o necessário, com um pequeno quadro de instrumentos digital, que é complementado com a integração para smartphones sobre o painel, através de um aplicativo que a marca francesa denomina My Citroën.

A abertura dos vidros laterais utiliza um sistema dobrável simples e as maçanetas internas são simples tiras de tecido. O único detalhe sofisticado de equipamento é o teto solar panorâmico.

A Citroën planeja inicialmente oferecer o novo AMI elétrico somente na França, onde terá um preço inicial de 6.900 euros, que poderá inclusive baixar mais com as ajudas do governo. Além disso, está previsto um sistema de aluguel com um prazo mínimo de dois anos, que terá um custo mensal de 19.99 euros.

Em uma segunda etapa está previsto também o seu desembarque no resto dos países da Europa, mas por enquanto o fabricante não revelou qual será o preço do Citroën AMI elétrico nos outros mercados.

Confira as Fotos