26/03/2020 - MAZDA R360 COUPE: O PRIMEIRO CARRO DA MARCA E O MODELO MAIS BARATO NO JAPÃO EM 1960

Para quem não sabia, o primeiro carro da Mazda chamava-se R360 Coupe e foi lançado pela primeira vez no dia 28 de maio de 1960, uma época em que a indústria automobilística naquele país estava em pleno apogeu.

O primeiro carro da marca japonesa nasceu do desejo das pessoas terem o seu próprio veículo, isto porque nessa época todos os modelos que existiam eram muito caros e difíceis de conseguir.

Para o desenvolvimento do seu primeiro carro, a marca usou nova tecnologia e aumentou sua eficiência de fabricação, conseguindo introduzir no mercado veículos com preços muito baixos, ou seja, 300.000 ienes, que de acordo com o tipo de câmbio atual seriam algo como 13.600 reais, para a versão de transmissão manual e 320.000 ienes (14.600 reais) para o primeiro automóvel do país equipado com um conversor de torque.

Por tratar-se de uma grande novidade para a época, inclusive antes de sua estreia em maio de 1960, a marca já havia recebido 4.500 pedidos. Claro que depois de sua apresentação a popularidade continuou, pois para o mês de agosto do mesmo ano a Mazda já vendia 2.000 unidades por mês.

Devido ao grande sucesso que teve o R360 Coupe, o volume de produção para o mesmo ano se elevou a 23.417 unidades, o que deu à Mazda uma participação de 64.8% no mercado de micro/mini automóveis.

É claro que o preço não foi o único atrativo deste carro, pois contava com um conversor de torque e uma série de tecnologias de ponta na época que a empresa havia desenvolvido especificamente para o modelo.

E graças à combinação de materiais, também se tornou o veículo mais leve produzido até então no Japão, proporcionando uma excelente economia de combustível de até 32 km/l e um bom rendimento. Media 2.980 mm de comprimento, 1.290 mm de largura e 1.290 mm de altura, com uma distância entre-eixos de 1.760 mm e pesando 380 kg.

O R360 Coupe tinha quatro assentos, funcionava com um motor de 16 cv refrigerado a ar com 356 cc e alcançava uma velocidade máxima de 90 km/h. O motor era acoplado a uma transmissão manual de quatro velocidades ou automática de duas relações.

Com apenas 300.000 ienes o R360 Coupe realizou o sonho dos trabalhadores assalariados de terem um automóvel, tornando-se um sucesso estrondoso para a Mazda e abrindo caminho para os próximos modelos da marca, como o Carol 360, um automóvel que a empresa desenvolveu junto com o protótipo Mazda 700 que foi apresentado no Salão de Tokyo de 1961.

Confira as Fotos