13/07/2020 - NOVO JEEP WRANGLER RUBICON 392 ADIANTA A POSSIBILIDADE DE UM MOTOR V8

A Jeep revelou as primeiras imagens e alguns dados de um protótipo baseado no Jeep Wrangler equipado com um enorme motor V8 de 6.4 litros. Um modelo que por enquanto foi apresentado com a etiqueta de concept, mas que parece adiantar uma nova versão de produção de 8 cilindros do icônico todo-terreno americano.

É mais que evidente que a Jeep quis roubar um pouco do protagonismo da Ford precisamente no dia que acontecerá a esperadíssima apresentação da nova geração do Ford Bronco, que se tornará imediatamente o rival principal do Jeep Wrangler no mercado norte-americano. De modo que não acreditamos que tenha sido casual que a Jeep tivesse escolhido esta data à toa.

O Jeep Wrangler é um modelo que historicamente militou no segmento compacto americano, por isso que geralmente contou com uma linha mecânica composta por motores de 4 e 6 cilindros. Embora no vão dianteiro do Wrangler coubesse perfeitamente qualquer motor V8, como ficou demonstrado em inumeráveis ocasiões com os protótipos de salão apresentados pela própria marca e inclusive pelas modificações realizadas por diversos especialistas de aftermarket em seu mercado natal.

Portanto, uma versão de produção dotada de um motor V8 é algo bastante incomum e especial, sobretudo para o público americano. Em princípio, o modelo inclui o apelativo ‘392’ em sua denominação, no entanto, o modelo conta com o aspecto de um modelo de série e segundo a marca, este protótipo adianta a resposta da Jeep aos desejos de muitos clientes. Assim, tudo indica que estamos diante de um protótipo que adianta uma futura versão de produção. As únicas mudanças que podemos ver no exterior são um capô mais musculoso com uma nova entrada de ar, um enorme conjunto de rodas e as portas sem as molduras superiores. Sendo este último um elemento que ainda não foi lançado e que muitos usuários estão esperando, de modo que este concept parece ser o anúncio da chegada destas portas de menor tamanho e peso.

A marca confirmou inclusive as especificações da mecânica que se encontra debaixo do enorme capô deste modelo. Trata-se do mesmo motor V8 HEMI 392 que utiliza o Jeep Grand Cherokee SRT, embora em lugar dos 482 cv (475 hp) e 637 Nm, entrega 456 cv (450 hp) e 610 Nm de torque máximo. Em termos de chassi surge a configuração da versão Rubicon com a utilização de dois eixos Dana 44, um esquema de suspensão revisado e elevado, rodas de 17 polegadas com enormes pneus off-road de 37 polegadas, proteção adicional nas partes baixas e um guincho dianteiro.

Confira as Fotos