2020 - RENAULT CAPTUR

Após uma primeira imagem vazada há alguns dias, finalmente o fabricante francês apresentou oficialmente a nova geração do Renault Captur. A segunda geração do SUV francês do segmento B se renova completamente com um design inovador, assentando suas bases sobre a plataforma modular CMF que compartilha com o novo Clio.

Exteriormente o novo Captur se destaca por sua carroceria ligeiramente maior que o modelo atual, agora com um comprimento que atinge os 4.23 metros e um porta-malas de 536 litros de capacidade.

A parte frontal mostra um formato similar aos mais recentes modelos da marca francesa, continuando o rastro de design que a empresa está imprimindo a seus modelos mais atuais, com grandes diferenças em relação ao Captur que ainda pode ser encontrado nos concessionários.

A frente estreia faróis de desenho mais rasgado, que incorporam a característica assinatura luminosa LED com o formato de uma letra C, que atualmente equipam todos os novos modelos da Renault. Também são novos o para-choque e a grade, assim como também o desenho das luzes antineblina.

As laterais do todo-terreno francês se apresentam com um desenho musculoso, e uma caída do teto mais pronunciada com o setor posterior de desenho tipo flutuante, além de arcos de roda recobertos com molduras em plástico preto sem pintar e rodas de liga leve de 18 polegadas.

Em relação ao interior do novo Renault Captur, percebe-se que guarda grandes semelhanças com o novo Clio. O painel é similar, assim como a instrumentação digital e o sistema de infotainment com tela táctil de 9.0 polegadas.

A oferta de motores contempla alternativas gasolina e diesel, de similares características à oferta do Clio atual. Na linha gasolina os clientes poderão escolher entre o 1.0 TCe de 100 cv e o 1.3 TCe em versões de 130 ou 155 cv, enquanto que na linha diesel contempla os 1.5 Blue dCi de 95 ou 115 cv, em combinação com uma transmissão manual de 5 ou 6 velocidades, ou automática EDC de dupla embreagem e 7 relações.

Uma das grandes novidades mecânicas da nova geração do Renault Captur é a tecnologia híbrida ‘E-TECH’, que combina um motor a gasolina de 1.6 litros e dois motores elétricos, em conjunto com uma bateria de íons de lítio de 9.8 kWh. O Captur híbrido será capaz de rodar até 45 quilômetros em modo puramente elétrico.