2021 - McLAREN ELVA

Foi apresentado um novo membro da família Ultimate Series da McLaren. Chegou o momento de dar as boas-vindas ao novo McLaren Elva, um novo e radical superesportivo conversível que encantará os condutores amantes do alto desempenho e da condução a céu aberto. Trata-se de uma verdadeira joia sobre rodas que oferecerá, além disso, um alto nível de exclusividade.

Seu nome é uma referência a um modelo clássico da marca, o McLaren Elva de 1960. Assim como seu antecessor, carece de janelas convencionais. Tampouco tem para-brisas, embora opcionalmente seja oferecido em determinados mercados. Apesar de não dispor de para-brisas, a McLaren assinala que o design do veículo ajuda a criar uma ‘bolha’ aerodinâmica que protege os dois ocupantes.

Em relação ao interior do Elva, somos envolvidos por um ambiente onde se respira luxo e esportividade em partes iguais. Todos os acabamentos estão muito cuidados e foram utilizados materiais de qualidade. Em boa medida, tudo está orientado para o condutor. Destaca-se a tela táctil do sistema de infotainment e a instrumentação.

Uma das chaves deste novo modelo da McLaren é, sem dúvidas, sua parte mecânica. Debaixo da pele do Elva, encontra-se um motor V8 de 4.0 litros Twin-Turbo que desenvolve 815 CV de potência. Tudo isso é gerenciado através de uma transmissão de sete velocidades. Graças a esta mecânica, o novo superesportivo britânico é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em menos de três segundos.

A McLaren destaca que na hora de realizar o sprint de 0 a 200 km/h, o novo Elva é mais rápido que o McLaren Senna. Necessita de somente 6.7 segundos para completar essa aceleração. É um desempenho fantástico que encantará os condutores que buscam altas emoções e, sobretudo, poder conduzir a céu aberto.

A produção do novo McLaren Elva será limitada a 399 unidades. O preço de partida se situará acima de 1.2 milhões de libras esterlinas, algo como 6.5 milhões de reais. No entanto, a McLaren assinala que o preço definitivo dependerá do nível de personalização que será realizado através da divisão MSO da marca britânica. As primeiras entregas deste novo superesportivo conversível acontecerão em 2020.